O que é um Trigger e como estabelecer uma boa estratégia que melhore sua vendas

 In Não categorizado

Vamos falar sobre um dos elementos básicos de qualquer estratégia de automação. Desta vez, nos concentramos nos chamados Triggers ou gatilhos.

A verdade é que, por mais importantes que sejam, nem todos estão acostumados a trabalhar com eles, por isso queremos fazer um breve tour desde o que eles são até como usá-los estrategicamente para melhorar as vendas por meio do atendimento ao cliente. Especialmente usando o avançado sistema de chat de Oct8ne.

O que é um Trigger?

Para entrar no assunto, é necessário explicar ou atualizar o conceito de Trigger . Recebe o nome de trigger (do inglês: “gatilho”) o elemento que se define como disparador de uma ação automática dentro da interação do usuário com uma Pagina web ou outro ativo digital como pode exemplo um e-mail.

O que eles podem contribuir para o meu site?

Basicamente, o que conseguimos com um gatilho é fazer com que a web deixe de ser apenas reativa ao que o usuário faz ao entrar nela. Em uma página que não implementa esse tipo de solução, o visitante percorre as páginas e decide se compra, preenche um formulário ou qualquer outro objetivo. Tudo é confiado à  seu critério e habilidade.

O problema é que com este modelo em que o usuário é absolutamente autônomo, ele pode  se encontrar frequentemente dúvidas ou problemas de navegação. Caminhos fechados que impedem a possibilidade de conversão.

O que alcançamos com o uso de gatilhos automáticos é tornar o sistema mais inteligente: definimos uma situação que representa um quadro no qual devemos atuar e, quando essa condição for atendida, o sistema reage com a ação que configuramos como resposta . Graças ao nosso algorítmo, não precisamos nos preocupar com nada, o próprio sistema decide quando e como agir.

trigger

Melhorando as vendas com o uso dos  gatilhos automáticos ou triggers.

Vamos ser mais específicos definindo um exemplo de como podemos fazer com que essas ações resultem em vendas maiores. Especificamente, vamos analisar como aplicar a automação ao atendimento ao cliente para melhorar os resultados de um eCommerce.

Uma das melhores coisas sobre os gatilhos é que eles nos permitem ser proativos em face dessas necessidades potenciais, sem ter que antecipar todas as suposições possíveis (que são praticamente infinitas).

Estrategicamente, temos que ser capazes de pensar sobre as motivações de uma forma mais ampla. A primeira pergunta que nos fazemos é: “Que necessidade temos de suprir para o cliente?

Se vamos estabelecer uma comunicação direta com o usuário por meio de um chat, o lógico é enxergar assim e não como uma interferência comercial na navegação. É mais um “como posso ajudá-lo?” do que um “tenho o produto X em promoção?” Não podemos esquecer a intenção desta estratégia. A ferramenta deve estar de acordo com isso.

Portanto, você terá que fazer uma análise do seu site, procurando por esses pontos potenciais ou oportunidades de ativar os gatilhos neles. Por exemplo, acionar a janela de bate-papo em momentos específicos.

Quando o usuário chega a uma determinada página.

Cada página web obedece a uma intenção de busca e a um objetivo, portanto não é difícil deduzir o que move o usuário a alcançá-la e o que ele pode precisar.

Se o usuário acessar a página de contato, ele precisa saber algo que não encontrou na web. Está em nosso poder prosseguir e abordá-lo com educação, desta forma esclarecemos sua dúvida e podemos redirecioná-lo ao fechamento.

O mesmo ocorre com outras páginas informativas, como perguntas frequentes ou bases de conhecimento semelhantes. Se o visitante estiver interessado o suficiente para chegar lá, o mais lógico é facilitar as coisas para ele.

Quando ultrapassa um tempo determinado

Esta é outra variável interessante que também tem muito a ver com a experiência do usuário. Entendemos que cada tarefa a ser realizada exige um tempo, portanto, se um usuário demorar muito, não é um sinal de que ele está passando por um problema?

Nesses casos, podemos programar nosso gatilho para oferecer a ajuda necessária em tempo real. Imagine que um usuário passou muito tempo na página de checkout, mas não prossegue para a venda.

Pode ter dúvidas sobre prazos de entrega, valores, garantias … literalmente centenas de coisas que podem frustrar a venda. O melhor é que muitos dessas dúvidas podem ser resolvidas no momento.

Esse agente que atende o cliente pode fazer o papel de um vendedor, não apenas tirar dúvidas e auxiliar na conversão. Graças ao seu trabalho, ele poderá promover a venda cruzada persuadindo o cliente a adicionar produtos ao carrinho.

Portanto, e como você pode ver, ter gatilhos nos ajuda de uma forma muito importante a criar uma estratégia que melhore as vendas. Se você quiser saber mais, nós recomendamos este caso de éxito.

 

Recent Posts
livechat wallestrategia atencion cliente